História

O Sindicato

Nos anos de 1940/1950 A Baixada Fluminense inclui-se aí Duque de Caxias, São João de Meriti, Nilópolis e Nova Iguaçu possuía um grande PÓLO MOVELEIRO, porém os trabalhadores não eram organizados em Sindicato. Até que um grupo deles resolveu fundar a ASSOCIAÇÃO PROFISSIONAL DOS TRABALHADORES NAS INDUSTRIAS DE SERRARIAS, MÓVEIS DE MADEIRA E MARCENEIROS DE DUQUE DE CAXIAS, SÃO JOÃO DE MERITI E NOVA IGUAÇÚ tendo na época providenciado os devidos registros nos órgãos competentes.

Finalmente no dia 30 de Dezembro de 1952 o MINISTÉRIO DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DO TRABALHO, INDUSTRIA E COMÉRCIO reconheceu a entidade denominando-a SINDICATO DOS OFICIAIS MARCENEIROS, NAS INDUSTRIAS DE SERRARIA E DE MÓVEIS DE MADEIRA DE DUQUE DE CAXIAS representando as categorias profissionais integrantes do 3º grupo de trabalhadores nas Ind. Da Construção e do Mobiliário do plano da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Industria, obtendo a Carta Sindical o nº 312.287/52.

Desta época podemos destacar o Sr. Gentil Gonçalves ( *11/10/2001* ) fundador e presidente do Sindicato por vários anos.

Tendo em 1966 incluída a Engenharia Consultiva e o Mármore e Granito e em 14 de janeiro de 1985 obteve a extensão de base territorial estendida para MAGÉ, SÃO JOÃO DE MERITI e NILÓPOLIS.

Não possuímos relatos de possíveis perseguições a diretores, ativistas ou funcionários do Sindicato por ocasião da Ditadura Militar.

Hoje o SITICOMMM após a inclusão na sua representação tem a seguinte denominação SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL, MONTAGEM INDUSTRIAL, MOBILIÁRIO, MÁRMORE E GRANITO E DO VIME DE DUQUE DE CAXIAS, SÃO JOÃO DE MERITI, NILÓPOLIS, MAGÉ E GUAPIMIRIM e representa todos os trabalhadores incluídos no 3º grupo do Plano da Confederação Nacional das Industrias, Construção Civil em geral, da Construção de Estradas, Pavimentação, Terraplanagem em Geral, Montagem e Manutenção Industrial, dos Produtos de Cimento, Mobiliário, Mármore e Granito e Junco e Vime.

O SITICOMMM desde a sua fundação sempre esteve presente na luta pelos direitos dos trabalhadores e exigindo das empresas o cumprimento do determinado na CLT (CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO), sempre lutando e conseguindo bons percentuais de aumento para as categorias representadas.

A partir dos anos 90, o SITICOMMM passou a ser reconhecido em todo território Nacional com os movimentos de greves reivindicatórias comandadas pelo presidente na época o Sr. José Camilo falecido em 26/08/2002, onde as categorias conseguiram grandes conquistas, a ponto de hoje com a manutenção de diversos benefícios e significativas modificações feitas pela atual diretoria, podemos nos orgulhar de possuir as melhores convenções coletivas do País, se não forem as melhores.

Com o falecimento do Sr. José Camilo em agosto de 2002, assumiu a presidência do SITICOMMM o Sr. Josimar que juntamente com a diretoria comandaram a entidade com o mesmo espírito de luta e determinação em prol dos trabalhadores, tendo o apoio de todas as categorias. Nesta época ocorreram as maiores greves na região, a exemplo da greve de aproximadamente 30 dias na Usina Termo Elétrica onde os trabalhadores lutaram pelo adicional de periculosidade, posteriormente nesta obra (Termo Rio), os trabalhadores vindos de outros Estados ou regiões distantes somente almoçavam, e como faziam horas extras até tarde começaram a reivindicar o jantar, daí surgiu novo movimento reivindicatório culminando com uma paralisação de 17 dias na obra e os trabalhadores na oportunidade conquistaram o vale alimentação, depois pelos mesmos motivos vieram os 33 dias de greve no Pólo Gás Químico, sem falar nas greves de menor expressão em diversas outras obras onde os trabalhadores apesar das perseguições comandadas pela classe patronal que contam com o aparato policial para inibir e coagir os trabalhadores nas greves por reivindicações, sempre conquistaram significativas vitórias.

O fato mais marcante nesta época foi à greve de 42 dias na campanha salarial de 2004, onde o TRT numa atitude inédita julgou duas vezes a legalidade da mesma greve e os trabalhadores (em torno de 15 mil) da REDUC, POLO GÁS QUIMICO, TERMO RIO etc. conquistaram 12% (doze por cento) de reposição salarial, sem perda de um dia sequer, observa-se que nenhuma outra entidade na época conquistou este percentual em todo o País. A partir daí o SITICOMMM passou a ser respeitado nacionalmente, tendo muitos trabalhadores de outras bases territoriais querendo por ele ser representados.

Nesta época aconteceram também as obras de ampliação da sede da entidade, aquisição da Colônia de Férias, caminhão de som etc.

Até que em 15 de janeiro de 2005 houve a posse da diretoria atual cujo presidente continua sendo o Sr. Josimar, popularmente conhecido como Mazinho.

A partir da posse desta atual diretoria o SITICOMMM se manteve na vanguarda de outros coirmãos ao conquistar para a maior massa das categorias representadas (construção civil e montagem industrial nas áreas da REDUC e suas subsidiárias, Pólo Gás Químico e Termo Rio) o percentual de aumento de 12% (doze por cento) em fevereiro de 2005 e 2006 mantendo assim, os maiores salários pagos a terceirizados em todas as refinarias do País. Outra vitória conseguida pelo SITICOMMM e os trabalhadores, foi com os companheiros da empresa SKANSKA DO BRASIL S/A empreiteira da REDUC na construção da Unidade do Coque, quando mais ou menos 2800 trabalhadores reivindicaram melhorias na qualidade das refeições servidas e no transporte (ônibus), onde após diversas tentativas de resolver os problemas administrativamente sem lograr êxito, os trabalhadores resolveram fazer um movimento de paralisação chamando o SITICOMMM para apoiá-los, e como não fugimos à luta, pois entendemos que a luta dos trabalhadores é a nossa luta, assim o fizemos, até que no dia 05/10/06 o Tribunal Regional do Trabalho julgou a greve dos trabalhadores num processo ajuizado pela empresa, e mais uma vez tivemos uma greve julgada legal pelo Egrégio Tribunal Regional do Trabalho, onde dos 07 (sete) juízes que compuseram a mesa julgadora, seis votaram a favor dos trabalhadores determinando o TRT o pagamento de todos os dias paralisados e a solução imediata dos problemas.

As atribuições principais de uma entidade sindical é "lutar em defesa dos direitos e dos interesses dos trabalhadores, lutar para o cumprimento do determinado na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), e a do SiTICOMMM com uma responsabilidade a mais que é a de manter os pisos salariais considerados os melhores do Estado e o maior no âmbito das doze Refinarias do País e a manutenção e aprimoramento da convenção coletiva de trabalho considerada uma das melhores do Brasil".

Oferecemos também aos associados assistência jurídica trabalhista totalmente gratuita aos trabalhadores, onde dispomos de diversos advogados para representá-los na Justiça do Trabalho e também para orientá-los.

Numa tentativa de resolver as demandas existentes entre trabalhadores e empresas e evitar a Justiça do Trabalho, possuímos também a Comissão de Conciliação Prévia instituída através da Lei 9958/00, onde muitos problemas são solucionados a contento para os trabalhadores, pois seus direitos sempre serão preservados.

Aos companheiros que se encontrarem com tempo de serviço para aposentadoria, temos uma diretoria credenciada no INSS onde são feitos os trabalhos de aposentadoria, contagem de tempo etc., gratuitos.

Se você deseja maiores informações, consulte neste site os serviços que o SITICOMMM mantém a disposição dos seus associados.

Atual diretoria - Mandato 2015 - 2020

Presidente: Josimar Campos de Souza

Diretores:

  • Sérgio Luiz
  • Carlos Antônio
  • Lindolfo Macial
  • Fábio Mendes
  • Paula Adriana
  • José Severo
  • Braz Cerqueira
  • Vantuir Perpétuo
  • José Ailton
  • Clério Teixeira
  • Romualdo Regis
  • Claudio Teixeira
  • Vitor Guedes
  • José Aloísio
  • Jean Carlos
  • Márcia Cristina
  • Alexsandro Silva
  • Marco Sobrinho
  • Mauro Brito

TV SITICOMMM

Hino SITICOMMM

Jingle SITICOMMM

Fale com o Presidente

Guia Sindical e Assistencial

Escolha qual o tipo da Guia que deseja imprimir, clicando sobre uma das opções abaixo!

Convênios e Cursos

Apostilas Online

Nossos endereços:

Sede:
Endereço: Rua General Mitre, 586
25 de Agosto - Duque de Caxias
Cep: 25075-100
Telefones: (21) 3658-9930
(21) 3774-5612 / 2653-4212 / 3658-0204
Desenvolvido por:


Todos os Direitos Reservados ao:
SITICOMMM - SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO CIVIL, DE LADRILHOS HIDRÁULICOS, DE MÁRMORE E GRANITOS, DE MANUTENÇÃO, MONTAGEM E LIMPEZA INDUSTRIAIS, DA CONSTRUÇÃO DE ESTRADAS, PAVIMENTAÇÃO E OBRAS DE TERRAPLANAGEM EM GERAL E DO MOBILIÁRIO, JUNCO E VIME DE DUQUE DE CAXIAS, GUAPIMIRIM, MAGÉ, NILÓPELIS E SÃO JOÃO DE MERITI.