Notícia

Dólar opera em queda nesta terça, após encostar em R$ 3,90 na véspera


O dólar iniciou esta terça-feira (14) em queda, após fechar na véspera perto de R$ 3,90. No exterior, os investidores continuam acompanhando a situação monetária da Turquia e das crescentes tensões comerciais externas. No Brasil, segue no radar o cenário eleitoral.


Às 9h08, a moeda norte-americana caía 0,73%, a R$ 3,8673. Veja mais cotações.


Na véspera, o dólar subiu 0,82%, a R$ 3,8962. Na máxima do dia, chegou a R$ 3,9292.


Tensão na Turquia


A lira turca já perdeu mais de 40% de seu valor em relação ao dólar neste ano e há temor de que a crise se espalhe para outros países emergentes. Analistas defendem que o banco central turco aumente as taxas de juros para defender a moeda e controlar a inflação (que em julho chegou a 16% em ritmo anual), mas o presidente do país rejeita a medida.


Como alternativa, o banco central da Turquia anunciou que vai injetar US$ 9 bilhões no sistema financeiro do país (sendo US$ 3 bilhões em ouro) para garantir a liquidez dos bancos locais.


Na semana passada, o presidente norte-americano, Donald Trump, autorizou dobrar as taxas sobre importação de aço e alumínio turcos por conta da valorização do dólar frente à lira.



14/08/2018

TV SITICOMMM

Hino SITICOMMM

Jingle SITICOMMM

Fale com o Presidente

Guia Sindical e Assistencial

Escolha qual o tipo da Guia que deseja imprimir, clicando sobre uma das opções abaixo!

Convênios e Cursos

Apostilas Online

Nossos endereços:

Sede:
Endereço: Rua General Mitre, 586
25 de Agosto - Duque de Caxias
Cep: 25075-100
Telefones: (21) 3658-9930
(21) 3774-5612 / 2653-4212 / 3658-0204
Desenvolvido por:


Todos os Direitos Reservados ao:
SITICOMMM - SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO CIVIL, DE LADRILHOS HIDRÁULICOS, DE MÁRMORE E GRANITOS, DE MANUTENÇÃO, MONTAGEM E LIMPEZA INDUSTRIAIS, DA CONSTRUÇÃO DE ESTRADAS, PAVIMENTAÇÃO E OBRAS DE TERRAPLANAGEM EM GERAL E DO MOBILIÁRIO, JUNCO E VIME DE DUQUE DE CAXIAS, GUAPIMIRIM, MAGÉ, NILÓPOLIS E SÃO JOÃO DE MERITI.