Notícia

em julho; preço do feijão dispara 58%


O IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor - Amplo 15), considerado uma prévia da inflação oficial (IPCA), acelerou em julho e ficou em 0,54%. O feijão carioca, que ficou 58% mais caro, puxou o índice para cima.


Com os dados de julho, a prévia da inflação acumula 5,19% no ano e 8,93% em 12 meses.


Em junho, o indicador havia mostrado alta de preços de 0,4%. Em julho do ano passado, foi de 0,59%.


Os dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (21).


A prévia da inflação em 12 meses continua acima do limite máximo da meta do governo. O objetivo é manter a alta dos preços em 4,5% ao ano, mas há uma tolerância de dois pontos para mais ou para menos, ou seja, pode variar entre 2,5% e 6,5%.


A inflação oficial no Brasil fechou 2015 em 10,67%, acima do limite máximo da meta. Foi a maior alta de preços anual desde 2002 (12,53%).


Preço do feijão subiu 58,06%


Os alimentos puxaram a prévia da inflação em julho, segundo o IBGE, com aumento de 1,45% nos preços. É a variação mais alta para meses de julho desde 2008, quando foi de 1,75%. Em três capitais --São Paulo (SP), Curitiba (PR) e Goiânia (GO)--, os aumentos passaram de 2%.


O que mais pesou no índice foi, novamente, o preço do feijão, principalmente o carioca, que subiu 58,06%. Em Goiânia, o quilo do produto subiu 81,03%.


As demais variedades de feijão, como o preto, o fradinho e o mulatinho, também tiveram aumentos significativos no início do mês.


Além do feijão, outros alimentos encareceram bastante, como o leite (+15,54%), a mandioquinha (+14,06%), a manteiga (+6,26%) e o arroz (+ 3,36%).


Perspectivas


O IPCA-15 de julho foi mais alto que o esperado por analistas consultados pela agência de notícias Reuters, que previam índice de 0,46%.


Para o final de 2016, economistas consultados pelo Banco Central para a pesquisa Focus veem inflação de 7,26%.


os próximos 12 meses, a projeção de inflação divulgada na última segunda-feira (18) caiu de 5,83% para 5,7%. Para 2017, os economistas preveem inflação de 5,3%.


Metodologia


O IPCA-15 refere-se às famílias com rendimento de um a 40 salários mínimos e abrange as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Curitiba, além de Brasília e Goiânia.


A metodologia utilizada é a mesma do IPCA, considerada a inflação oficial; a diferença está no período de coleta dos preços e na abrangência geográfica.


Fonte: UOL

21/07/2016

TV SITICOMMM

Hino SITICOMMM

Jingle SITICOMMM

Fale com o Presidente

Guia Sindical e Assistencial

Escolha qual o tipo da Guia que deseja imprimir, clicando sobre uma das opções abaixo!

Convênios e Cursos

Apostilas Online

Nossos endereços:

Sede:
Endereço: Rua General Mitre, 586
25 de Agosto - Duque de Caxias
Cep: 25075-100
Telefones: (21) 3658-9930
(21) 3774-5612 / 2653-4212 / 3658-0204
Desenvolvido por:


Todos os Direitos Reservados ao:
SITICOMMM - SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO CIVIL, DE LADRILHOS HIDRÁULICOS, DE MÁRMORE E GRANITOS, DE MANUTENÇÃO, MONTAGEM E LIMPEZA INDUSTRIAIS, DA CONSTRUÇÃO DE ESTRADAS, PAVIMENTAÇÃO E OBRAS DE TERRAPLANAGEM EM GERAL E DO MOBILIÁRIO, JUNCO E VIME DE DUQUE DE CAXIAS, GUAPIMIRIM, MAGÉ, NILÓPOLIS E SÃO JOÃO DE MERITI.